Resenhário

Diário de bordo de Lívia Kraken.
Sábado, 13 de outubro de 2012.

Capa do livro Os Reis do Rio.
O fundo é em preto e branco, num
muro todo rachado e, bem grande e
em alto elevo, está escrito o título.
Ele todo é branco, com exceção do
"Os", "do" e o "o", de Rio, que são
vermelhos. Dentro desse último "o",
tem a imagem do Cristo Redentor
sem a cabeça e parte do tronco.
Ô Marujo, larga esse escovão aí e vem cá.
Fala, Capitã.
Esses dias eu terminei de ler um livro bom.
Você gosta bastante de ler, hein?!
A-D-O-R-O!!!!!!! Desde que eu era pequetchutchuca eu sou apaixonada por livros.
E qual é o livro da vez?
“Os Reis do Rio”. Já ouviu falar?
Ué... a gente não teve um Avast!!! sobre ele?
Mais ou menos. A gente conversou com o Rafael Lima, que é o escritor do “Os Reis do Rio” e “Aura de Asíris, A batalha Kayabashi”. No Avast!!! ele falou sobre os dois livros.

É verdade!
Eu fiquei com vontade de ler o livro desde que eu ouvi a conversa, mas só agora que eu consegui.
E o que você achou?
Pra começar, o livro é lindééééérrimo! A capa... e até as páginas! Foi um trabalho muito bem feito.
Mas e a história, mulher? Fala da história!
A história se passa no Rio de Janeiro...
Não me diga!!!!!!!!!!
Deixa de ser tonto!
Tá... continua...
No ano de 2189, e o Rio tá devastado por causa de uma guerra lá, que durou uns três dias...
TRÊS DIAS????? SÓ TRÊS?????
É que foi uma guerra nuclear.
Ah, tá.
E narra a aventura de três adolescentes: Will, Ulysses e Lia. E essa turma está tentando resgatar um quarto adolescente, o Edu.
Eles são amigos?
Basicamente. O Edu e a Lia são namorados, e o Will é o irmão dele. O Ulysses meio que fica de fora...
Ok, e por que eles querem resgatar esse cara aí? O que aconteceu com ele?
Numa bela manhã de sol, ele foi levado de volta para o seu planeta natal e...
O QUÊ?????? ELES SÃO ALIENS?????
HAHAHAHAHA. É claro que não!!!!!! Só tava te zuando.
Bestonilda.
Óóóóóóóó que eu conto pro Capi Jowfish, hein!!
Tá, eu fico quieto. Mas conta direito essa história aí, mulher!
Então... hihi... o Edu foi sequestrado pela Radius...
Foto de rosto + ombros do autor Rafael
Lima. Mei fein, tadin... Narigudo, quase
careca... hehe... brincadeira, ele tem
cabelo, sim. Castanho escuro, curto e
espetado. Um pouco de barba por fazer
e veste uma camiseta preta de gola branca.
Radius? Quem é essa mulher?
Não é mulher nenhuma não! É a organização que comanda o Rio, e é muito malvada.
Ahhhhhhhhhhhhhh!!!
O mundo deles tá tão feio! Tudo destruído, tanta cultura que se perdeu, falta de comida e de abrigos seguros, várias facções violentas, robôs, droides, androides, alta tecnologia e bem perigoso MESMO.
Nossa, que tenso! Mas como eles acham forças para viver?
Para viver não, né. Sobreviver! Felizmente existem os Libertos, que são os rebeldes que tão contra a Radius. Alguém tem que lutar contra os caras malvados, né?
Mas e aí... eles encontram o Edu?
Não posso contar, né? Se eles encontram ou não, o Inquisidor, a L.F.M, o traidor e a espanhola você terá que ler para descobrir.
Mas... mas... tem tantos suspenses assim? E você não vai me contar nada?
É claro que não, senão vou estragar a surpresa do livro. Você precisa ler! O cara escreve bem pra caramba! E a ideia também é muito boa.
Então o livro é ótimo?
Ó... só fiquei triste com uma coisa.
Com qual?
Com o final. Os personagens sofreram tanto para chegar até ali, passaram por tantas coisas... e o final me pareceu tão simples, tão... fácil. Fora isso, o livro é muito bom! Vale a pena ler!
Ah, então já vou pegar emprestado com você.
Pode pegar, marujo, mas primeiro termina de lavar o convés.
Folgada.
O QUÊ?????
Nada, nada. Já to indo, Capitã.
Cenário pós apocalíptico todo DESTRUÍDO do Rio de Janeiro. La no fundo, temos o Cristo sem cabeça e parte do torso e, bem na frente, do lado esquerdo,
a imagem símbolo dos Libertos, escrito "A Revolução está próxima! Viva os Libertos!".
Essa também é a imagem presente no Site do livro "Os Reis do Rio"


Fukumoto disse...

Tá ai um livro que eu nunca vi/li. É raro eu me interessar por livros que envolvem o Brasil. Pra mim sempre foi tipo "A Moreninha" ou qualquer coisa do gênero. Super quero ler :D

Lívia F. disse...

Se eu não tivesse entrado pro Blog, provavelmente não saberia desse livro até hoje, porque não me lembro de ter visto em alguma livraria e tal... É triste que livros bons e nacionais ainda sejam tão pouco conhecidos...
E vale MUITO a pena ler, Fukumoto!
Praticamente comi o livro, de tão rápido que eu li xD

Laísa C. disse...

Já li! Recomendo para quem gosta de uma boa distopia apocalípica!