Corte e Costura

O ar da terra congelou o fogo

Diário de Bordo de Jowfish.
Terça-feira, 19 de outubro de 2010.

Acredito que seja a primeira vez que trago um falso tesouro até esse navio... E acho que não vai ser o último.
Quando saímos de Animatus [onde encontramos o Avatar, lembra?], começamos a sentir uma perturbação GIGANTESCA no chi de outro lugar.
E chegamos, mais uma vez, em Filmacon.
E adivinhe só o que encontramos?!
O danado do Avatar... Não... NÃO ERA O AVATAR!!!!
Diziam que era... Mas NÃO era!
Tudo bem, o Ang e o Sokka, dali, eram fisicamente parecidos com os de Animatus... Mas SÓ!
Aang, a  simpatia em pessoa, virou um garoto que faz só um discurso motivador;
Katara, a Sra. Determinação, parece de uma garota que VIVE chorando;
Sokka, o estrategista de humor quase inabalável, não passa de um cara sério e chato;
Toph [GRAÇAS AO BOM E VELHO POSEIDON] não apareceu nesse, então continua sendo a personagem mais apelona de todas.
O Zukko é o ÚNICO que salva! Ele continua sendo frio e perseverante.
Minha maior decepção foi o Iroh, tio de Zukko.
Em Animatus, tinha cabelo branco, era baixo, gordo e EXTREMAMENTE carismático. Já em Filmacom, é alto, magro, de cabelo grisalho e bobo.
A recepção é boa. Com a apresentação dos dobradores de cada elemento... Faz parecer que o resto será bom... VAI NADA!!!
Os dobradores de fogo não fazem fogo, só controlam... E pior: APAGAM o lugar de onde o fogo saiu!!!
O dobrador de terra da apresentação, SOZINHO [notaram a ênfase?], controla mais terra que um GRUPO de SEIS dobradores [que fizeram toda uma coreografia pra levantar um tijolo]!!!
As lutas, que eram as partes mais esperadas, claro, porque não sou bobo, destruíram minha alegria de vida.
Muita coreografia pra pouca ação.
Pra fazer uma dobra de fogo, o cara tinha que dançar todo o Lago dos Cisnes... Ridículo! Até ele acabar, já levou 150 petelecos na orelha!
Além de que o tempo se passa rápido demais... É uma adaptação, tudo bem, mas vinte minutos a mais para dar um pouco de CALOR na narrativa só ia aumentar um pouco a qualidade [porque, se piorasse...].
Resumindo: filme fraco, chato, cansativo e com atores fracos e mal escolhidos [bota mal nisso].
Nunca saí tão bravo de um lugar na minha vida...

tomazsp disse...

Hhauhuahuahuauhaauhauhahuauhahu...e caiu no conto do vigário! Pior que fui eu que te passei o filme, ou foi o gato preto? Há!

Tripulação disse...

E acha isso bonito, nénão?! Acha que isso é coisa de família...tsc tsc.

Lii disse...

aushaushuashuahsuash
Resolvi comentar só para te deixar feliz xD

Eu gosto do desenho, mas não sou fã, perdi uma boa parte da história e só fiquei sabendo da garota cega depois de um bom tempo, porque assisti por acaso um episódio em que ela aparecia.
Então, para mim, o filme foi legal.
Porque eu não tinha como comparar ao desenho, que eu nem lembrava direito.
Só achei que tinha muita frescura para manipular os elementos, e eu lembrava que o Avatar era diferente, a personalidade, isso eu lembro.
Ah! E o pai do Zukko era mais malvado na minha lembrança...

Beijos Capi ;*

Mey disse...

Achei o filme um saco. Esperava mais. O desenho é bem mais interessante! Aff!!