Existe, ou não existe?

Diário de Bordo de Jowfish Kraken.
Sexta-feira, 7 de setembro de 2012.
Capa do livro "Os Sete", de André
Vianco. Capa de fundo preto, com
letras vermelhas de título e a
metade esquerda do rosto de um
homem, do lado esquerdo do livro,
nos olhando com seus olhos
vermelhos e pele pálida.
*TCHIPLÓF!!! Surge do nada no ar*
Agora... esse é o nosso tempo normal?
Foi daqui que a gente saiu da primeira vez, pelo menos.
Tá, então responde.
Respondo................................................................. o quê?
Ai, Capi! Se existe literatura pra menino e literatura pra menina!
Ah, tá.
Isso depende.
AAAAAAAAAAAAAH, NÃO!!!

Eita... que foi, ô?
Você NÃO me fez ficar esperando CINCO POSTAGENS pra responder um “ISSO DEPENDE”!!!!!!!!
Nnnnoooooooooooooossssaaa... que agressão... Se bem que... eu já respondi, pelo que eu me lembro...
Mentiroso. Não respondeu, não.
Que seja... eu respondo de novo.
Oba!!!
................
Desculpa... ‘>.<’
Vai... faz a pergunta.
Existe história pra menino e história pra menina?
Não. Não existe mais.
Não?! Mas como não? E o...
O que existe são histórias voltadas pra mulheres e histórias voltadas pros homens.
Ué... e qual é a diferença?
É muito simples:
Se fosse “história de mulher”, quer dizer que é só mulher que vai gostar. Homem tá de fora.
Mas se for “história com foco na mulher”...
Quer dizer que pode ter homem que também goste!!!............... Acho que você já disse alguma coisa assim antes, mesmo...
Eu disse que já falei.
Quando que foi?
Sei lá.
Hum... ok.
Mas... por que isso acontece, Capi? Essa divisão?
Imagem mostra 4 capas de livros da
série Sabrina. Todas elas com uma foto
colorida de um homem abraçando uma
mulher.
Olha, é uma coisa muito fácil de perceber. Olha só:
Lembra que, desde lá atrás... nas cavernas, ou no jardim... até alguns anos atrás, as mulheres só cuidavam da casa, da família e fofocava e tricotava e tal?
Lembro.
Então. Isso acabou fazendo com que a maioria das mulheres daquela época acabasse se fechando praquela rotina.
Que rotina?
Uma rotina mais doméstica, tranquila e sem muitas grandes surpresas...
E os homens?
Os homens tinham o direito de sonhar, digamos assim.
Então eles acabaram formando uma rotina de correria, agitação, e até violência.
E daí?
Daí que é por isso que os homens se identificam mais fácil com histórias de ação... com luta, fantasia, e superação.
Ah, mas a mulher também!
A mulher de HOJE, sim. Mas antes, a fantasia maior da mulher era a Sabrina.
A feiticeira?
PFFF!!! Passou longe.
Sabrina é um conjunto de histórias antigas, já... que tinha uma mulher que tinha um cara que era apaixonado por ela... mas ele era bonzinho.
Daí aparece outro cara... mais bruto... e “rouba” ela do primeiro carinha.
Credo, Capi! Que é isso?
Isso era o TOP entre as mulheres da época.
................ Se bem que Sabrina ainda vende bem, viu?
Sério?
Capa do livro "A Mediadora, A
terra das sombras", de Meg Cabot.
Fundo preto, com parte do rosto de
uma mulher na metade direita da
capa. Dela, mostra-se apenas os
lábios bem vermelhos, a pele
pálida, os cabelos lisos e pretos e
um colar de bolinha, com um
crucifixo.
O título também vem em letras
vermelhas.
Uhum.
Como você sabe de tudo isso, Capi? Você fica lendo Sabrina, é?
*Acesso de tosse*
Enfim...
Daí, quando as mulheres saíram, elas também começaram a ter a noção de que também podem sonhar...
E foi aí que começaram a se meter nos assuntos dos homens... inclusive na literatura.
Começaram a ler Júlio Verne, por exemplo... e Bram Stoker, Mary Shelley... E aí a casa foi pro barranco.
Ué... foi ruim?
Não.
Quer dizer que não teve mais volta.
Ah, tá.
Então... quer dizer que... dependendo da época... existe diferença de coisa pra menina e pra menino?
É... Se for até o começo do século XX, tinha e muito. Mas da década de 50 em diante... a coisa começou a mudar... e drasticamente.
E acabou como temos hoje, né?
Pois é.
Temos mulheres que gostam de André Vianco...
E homens que gostam de Meg Cabot.
Poxa... é mesmo, né, Capi? Que engraçado isso, né?
Isso o quê?
Essa coisa de mudança.
Ah, Marujo... mas ainda tem MUITA coisa que vai mudar.
É, Capi?
Tipo o quê?
Tipo tudo...
*TCHIPLÓF!!! Desaparece no ar*

Lívia F. disse...

Muito boa a série de postagens, Capi!
Agora vai começar uma nova série de posts, certo?
Estou esperando ansiosa e curiosa!
Não demore muito para postar rsrs

Shana disse...

Olha só! Meu pai me ensinou a ler e adorar André Vianco, e minha mãe me deu esse nome por causa de uma dessas séries de banca :o *Bianca*
Mesmo hoje, as séries continuam com a mesma temática - cof, minha mãe tem uma coleção de mais de 200 livros aqui. Curto esse tema, até porque é a mesma conversa com relação a animes - seeeeeempre tem um dito cujo maldito que tenta separar o que é anime de menina e anime de menino, wtf.
Aliás, post lindo, com essa capa de Os Sete ali *dies*

Graziella Mafraly disse...

Acompanhei essas postagens e posso dizer que foi muito divertido Capi. Seu marujo é uma figura a parte... rs...
Um grande beijo ao blog.
Agora vou ficar aguardando as p´roximas novidades.

OPL disse...

~Lívia~

Ah...... mas a demora pra postar não é culpa minha........................... tá, é sim, mas não é que eu QUUUEEEIRA demorar...

É força do destino... kekeu posso fazer, né?

~Shana~ [tão estranho dizer esse nome... posso te chamar de Bianca? P^)]

Aí, viu? AUISHUIASHASHASHUASHUASHASIHAS
Mas eu conheço uma pessoa que também teve o nome tirado de um dos livros do................... a não, não foi do André Vianco, não... esquece AISHAUSHIUASHUHAISUHASAUSHAHSHHSUASH [ops!]

Mas eu também gosto do Vianco... "O Senhor da Chuva" e "O Caminho do Poço das Lágrimas", pra mim, são os melhores dele que li até agora P^)

~Grazi~

Você, eu vi acompanhando, guria P^)
Obrigado M-E-S-M-O pelos comentários e......... epa, peraí...

Meu marujo é uma figura a parte??????
Isso é bom.........ou ruim? P^(

O blog manda um beijo de volta IASHAUISHAUSHASHUAHSUHAASH P^)

E a próxima postagem....... vai ser um pouco diferente do que eu costumo fazer......
Então não garanto uma coisa boa [ego inflado com gás hélio...]

~Geral~

Obrigado MESMO pelos comentários, pessoal!!!
Vocês são demasiê.................................. não me pergunte... não sei de onde tirei isso....