Daí vem o Juvenil [parte 2]

Diário de bordo de Jowfish Kraken.
Quinta-feira, 3 de maio de 2012.

Chão negro, meio molhado, com uma maçã
vermelhíssima à direita. Embaixo, tem
escrito "Crepúsculo" em vermelho e "Un
amor peligroso" (Um amor perigoso), menor,
em branco.
Mas nem sempre o pessoal se identifica com um personagem, viu?
Não?!
Tsc tsc.
Se identificam com o que, então? Nada?!
Às vezes, com nada, porque o livro é ruim pra eles.
Mas eles se identificariam com o que, então, se não for com os personagens? Com a história?!
Exatamente.
Ai, Capi! E isso é possível?
Absolutamente que sim, pequena gafanhota giganta.
Pelo jeito isso deve ser comum, então.
ÔXE!!! Esse é o jeito MAIS comum, na verdade.
A, vá, Capi. Para de zoar!
Não é zoação, não, minha querida.
Dá um exemplo, então.

Na maioria das vezes, a gente só gosta de um personagem pelo que ele já passou, não por como ele é. Tanto que a gente vê o pessoal falando que tal...
Que tal personagem foi inspirado nele... Poxa vida! E né que é mesmo, Capi?!
Se quer um exemplo de um livro atual que segue esse exemplo, é aquela saga Crepúsculo.
AAAAIIIII!!!!!!!! AAAAAAAMMMMMMOOOOOOOOO AQUELE EDWAAAAAARD!!!!!! AAAAAAMMMMMOOOOOOO O JACOOOOOOOB!!!!!!!! AAAAAAAAAAAMMMMMMMMMMMMMMMMMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO A BEEEEEEEELLLLLAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!
Ô!!!!!! SUSSEGA O FAXO AÍ, MARUJO!!!!!!!
Ai, Capi! Deixa de ser, vai! Você não gosta da saga?
Não. A autora sabe prender a atenção, mas não gosto do que ela fez com a história, nem da moral que o livro passa, nem dos personagens, nem do enredo e muito menos do final.
Então você leu, é?
Bella, de frente, com uma camiseta de manga
curta branca, e com a mão esquerda, tocando o
lado direito do rosto. uma fita [de fazer laço
em presente] vermelha está enrolada em
espiral em seu braço.
Li e só não digo que foi tempo perdido, porque aprendi o que não fazer no meu livro...
Credo, Capi! Ele nem é tão ruim assim!!! A história é linda!
Repete.
A história é....................................... NOSSA, CAPI!!!
Entendeu o que eu quis dizer? A pegada da mulher foi justamente essa. Você não gosta dos personagens por como eles são feitos. Você gosta dos personagens, porque a HISTÓRIA pela qual eles passam te prendeu.
Mas eu... eu nunca... Ai, Capi! Tô bege! É verdade! E isso é um defeito na história?
De jeito nenhum. Um livro que prende só pelos personagens é um livro incompleto. Assim como um livro que te prende só pela história também é.
E qual deles dá mais certo?
Olha... acho... A-C-H-O que pela história.
Por quê?
Porque se tu curtiu a história, cê vai começar a aceitar os personagens. A gente começa a aceitar os defeitos e começa a tentar achar qualidades e tals.
Agora, se a gente gosta do personagem, mas não gostou da história... por mais que ele seja legal... vai ser chato.
Hum...
Quer um exemplo bem real?
Fala.
Pôster do filme Eclipse, terceiro
da série. Em primeiro plano, está
Bella, de frente e com o cabelo
um pouco esvoaçante e, em segundo
plano, estão, do lado direito dela,
Edward, e do lado esquerdo,
Jacob.
Você tá na escola... de boa... na sua... tranquilo e sereno que nem um grilo moreno... e entra seu professor favorito...........e começa a falar sobre a matéria que você mais ODEIA DO FUNDO DA SUA ALMA, DEPOIS DAQUELA CURVA BEM NO FINAL DO CORREDOR DE DENTRO DO BAÚ TRANCADO PELA CHAVE QUE TAMBÉM ABRE OS PORTÕES DO TÁRTARO OBSCURO.
Por você gostar do professor, você vai começar a prestar atenção... mas vai perder o interesse em cinco minutos.
A NÃO SER QUE ele seja um professor MA-RA-VILHOSO!!! Que consiga ensinar aquela matéria de um jeito tão bom... mas TÃO BOM... que você fica com vontade até de ser professor de português, por exemplo...
Credo, Capi! Saravá!!!
Ué, mas é...
Mas então... acho que entendi.
Então quer dizer que nesse caso dos jovens, que estão na fase de identificação, eles acabam gostando de uma história, porque se identificam com um personagem... contando o narrador como uma personagem... ou pela história...
Ou pelos dois.
É, ou pelos dois... É isso?
Basicamente, sim.
Mas e essa coisa de gênero e tal...?
A, filho...isso eu não falo mais nada, não.
Ai, Capi! Por quê?!
Esses guri de hoje tão gostando de cada coisa...

Lívia ~* disse...

"Esses guri de hoje tão gostando de cada coisa..." tipo Sangue Quente -.-'
Concordo com você, Capi. Eu gostei da saga Crepúsculo por causa da história, porque os personagens são muito ruins, e além do mais, passam valores péssimos para a garotada de hoje!
Mas felizmente... sempre tem alguns livros pra salvar, né? :)