Era uma vez um sítio

Diário de bordo dos Irmãos Kraken.
Quarta-feira, 21 de dezembro de 2011.

Jow...?
Oi.
A gente tá voando?
Tá sim.
Mas... Como?! Navio não voa, né?!
Você tem muito o que aprender, pequeno capitão. Olha lá fora.
Você.................................desde quando tem um dragão no Navio?!
Desde sempre, oras.
Desse tamanho?! Como eu nunca...
Olha, olha... tamo chegando.
Ah... até que enfim.
[PUFF...] Alô.
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
Ô!!! Tá louco homi?! Aparece assim não, cara *respira, respira, respira*
Perdi... perdi meu.........................................coração.
HÁ! Eu que me assustei com vocês dois gritando que nem mul...
Ô, ô... Cuidado com sua próxima palavra, Lolô. O pessoal daqui não costuma perdoar, não.
Peraí. Quem é você?!
Ó! Que horror! Eu vou me apresentar, eu vou. Meu nome é Monteiro Lobato, é sim.
[sussurro] Pss... Jow, vem cá... Qual é a desse cara aí? Que sotaque é esse?
Ôôxe. Eu vô guiá ocês aqui nessas terra braba.
Aham... Até que enfim tu chegou, Lolô. Achei que a gente entraria aí sozinho.
E o que tem de tão perigoso aí que a gente já não tenha visto? Eu acho que esse cara aí é dispensável.
Êh eh! Ele acha que num precisa do Lolô, num acha? Mas ele vai ficá perdido sem o Lolô, vai sim. Quando pousar na Lagoa Cinzenta, no mei do Vilarejo Braço Turvo, aí eu quero vê ocês saí de lá sem eu. Êh eh, quero sim.
Humpft!
Certo, certo. Vamos descer agora.
Péra, péra... óia ali. Tão vendo aquele carro-carroça ali?
O com o bigode que fala?
Isso... Vixe, mainha, esse memo. Ele tá levando os nosso herói... mas eles num sabe disso ainda, sabe não.
E quem é o careca correndo atrás do carro?
Aaaaaaa...aquele ali é homi bão, é sim. É um dos grande espírito da floresta, é sim. Mas num tá em sintonia com os espírito ainda não. Êh eh, tá não.
Uai... como assim?
Ei, eu conheço esse cara. É o Gustavo!
Gustavo Rosseb?
É... é ele mesmo. Olha ali. HAHAHAHAHAHA o jeito de correr é único!
[olhar assustado e meio desconfiado] Êh eh... então ocês conhece o grande espírito da floresta?
Conhecemos sim. É amigo nosso já faz tempo, já.
A, é?! Então ocês prefere ele do que o véio Lolô, não é?!
Não, a gente só tava...
Ocês qué ele mais do que o véio Lolô, não é?!
Que isso, Lobato a gente só...
Então fica com o espírito, fica!!! [PUFF...]
Eu hein?! Que que foi isso?
Sei lá. Bora trazer o Gustavo pra cá.
[PUFF...]
Ooooloco!!! O que que... Ah. Alô, pessoal.
Tava se exercitando, Guts?
Então, cara... pra você ver só...
E que papo é esse de “Grande Espírito da Floresta”?
AAAAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA já ficaram sabendo, é?
O Lolô tava aqui até agorinha.
Ah. Qual deles?
Tem mais de um?!
Mas é claro que sim! Estão vendo aquele carro ali na frente?
Que que tem?
Ali estão os dois heróis da minha história.
SUA história?
A Odisséia de Tibor Lobato. Ali estão os irmãos Tibor e Sátir Lobato.
Ah, sim. São filhos do Monteiro....
Não. São descendentes de outro ser.
Outro...
Não me pergunte ainda! Ainda não posso responder. Mas o que estão fazendo aqui? Vão ficar por muito tempo?
Ah... sacomé, né?
A gente tava meio que de passagem...
Então fiquem só de passagem, amigos. Amanhã começa a quaresma... E coisas estranhas acontecem nos Vilarejos durante a quaresma.
Que tipo de coisas?
Coisas.......................estranhas. Pequenos furacões, uivos, sons de galope muito rápidos, risos ecoados na floresta deserta, luzes douradas...
Tu sabe que isso só motiva a gente a ficar, né?
Prestem atenção. Há alguns anos, isso daqui era uma vila só. Daí, um prefeito maluco resolveu dividi-lo em sete vilarejos. Ninguém sabe o porquê.
Ã.
Há doze anos, uma bruxa que vivia por aqui desapareceu, levando com ela umas quarenta e poucas crianças de vários vilarejos, principalmente do Guará, que é o maior dos Vilarejos daqui.
E esse que a gente tá é qual?
Essa é a Vila do Meio...
Por que será?
É. Aqui mora a dona Gaílde. Ela é avó do Tibor e da Sátir e irmã de mais duas mulheres.
Mas por que eles são tão importantes assim, cara?
Essa família tem uma história direta com os espíritos dessa floresta. Inclusive comigo. Ali, ó... Aquela ali é a Gaílde.
Ela tem...
Aquilo no pescoço dela é uma pedra muito rara. Única, na verdade.
O Muiraquitã, sei. Já ouvi falar.
Então. Essa pedra tem ligação direta com O grande espírito da floresta. Não, não sou eu.
Quem é?
É o... [PUFF...]


--------------------------------------------------------------------------

Então, esse é um dos livros que eu levo com orgulho pra prateleira.
Com certeza. Até eu gostei de ler. E isso porque eu não gosto de ler...
Pois é. Eu sempre quis saber sobre a mitologia brasileira, saca? Tipo Cuca, Saci, Curupira, Boitatá...
Mas o legal dele é que fala também de mitos menores, tipo a Pisadeira e a Porca dos Sete Leitões e tals.
Pode crer. Só tem dois defeitos na história toda... E nem é a ver com a história em si.
E quais seriam?
Um tem tudo a ver com o outro. Não dá pra ter um sem ter o outro.
Aham. E quais são?
E é uma coisa que todo autor faz no primeiro livro que...
QUAIS SÃO OS DOIS DEFEITOS???????????? ÔÔÔ CRIATURA!!!!
Que isso, cara. Calma aí, véi...
Ai, fala logo!
O problema tá nos diálogos.
Ué, como assim? Tem pouco?
Não, é...
Tem demais?
Não, é que...
Tem...
VAI DEIXAR EU FALAR OU NÃO???????????
Nossa... que violência... vai, fala...
Todo mundo acha que no primeiro livro tem que escrever tudo certinho, sabe... ser exemplo e blablabla... mas o pessoal se esquece do principal: a Verossimilhança.
Que Vera?
Vera?
É... a Vera da lança...
Verossimilhança! É quando a gente faz uma história parecer que é real.
Ah, sim. Era mais fácil ter falado isso.
Tá, mazentão. Daí as crianças de uns 12 anos falam como se fossem políticos de 47 anos.
Ah, sim. Entendi. É... isso é mesmo. Mas eu só vi esse. Qual é o outro?
O outro é que por causa disso, o livro acaba sendo formal demais, saca?
Ah, entendi. Fica tudo muito certinho... mas o Seu Icas não fala assim não, meu filho...
Ah, sim. Esse é um dos melhores personagens do livro, é sim.
Êh eh, se é.
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Tânia Souza disse...

Deixe-me ver, tem Cuca, Saci, Curupira, Boitatá... ( já amei)Mais uma resenha super divertida e criativa, fiquei curiosa para ler.

OPL disse...

Eu indico. Tem meu apoio se quiser ler P^)

Valeska Petek disse...

Também quero! :)
Aliás... quem não quer?