O Todo Poderoso

Diário de bordo de Jowfish.

Segunda-feira, 25 de julho de 2011.

- Poxa vida, Capi... Até que enfim tu apareceu, homi!
“É, Capitão. Por onde tu andou, cara?”
Ôxe. Mas ocês são minhas nega agora, é?
- MUITO melhor que isso!!! Somos seus Marujos!!!
“Boa.”
......................................... Tá... pode ser...
- Tá... Então onde tu tava, homi?????
Num interessa! Hoje é dia de FESTA!!!
“Festa? Mas por que, Capitão?”
- É... O que tem hoje de tão importante?
O QUÊ?!?!?! VAI DIZER QUE OCÊS NÃO SABE QUANDO É O DIA DOCÊS?!?!?!
- Uai... tu nasceu no mesmo dia que eu?
“Não... E também não é meu aniversário...”
QUE MANÉ ANIVERSÁRIO O QUE!!!
- Então hoje é dia do pirata?
Não.
“Dia do marujo?”
Não...
- Dos caçadores de ninjas?
NÃO!!!
“Então o quê?”
Me permitem a palavra? ¬¬’
- Claro, Capi, meu lindo, corajoso e tchucutchucu da Maruji...
“Á, cala a boca, vai. Deixa ele falar.”
Valeu...
Então... Hoje é o DIA DO ESCRITOR!!!
- A... que bom, hein?
“E o que isso tem a ver conosco?”
O que... Tão de brincanagem comigo, Marujos? Como assim ‘o que isso tem a ver com a gente’??? Ocês tão aqui, não tão?
“Sim, mas...”
Tão escreveno o que ocêis fala, não tão?
- É, mas...
Ceis tão...
- Ai, Capi! Tá bom! A gente já entendeu. Vixi...
“Se esse é meu dia, eu quero saber como ele começou.”
Foi simples. A lua tava no céu... cheia de estrelinha... daí...
- Não como começou hoje, tonto!
O QUÊ?!?!?!
“Só ignora, Capitão. Eu quero saber como começou esse negócio de dia do escritor.”
Hum... certo...
Tudo começou na década de 60, quando dois nego [João Peregrino Júnior e Jorge Amado] quis dá uma festança... que chamaram de ‘I Festival do Escritor Brasileiro’... E foi bolada pela União Brasileira de Escritores...
POR PURO ACASO DO DESTINO... os dois eram presidente e vice-presidente da cosia.
- Oras bolas, que coisa, né?
“É... coincidência DEMAIS, para mim.”
- Mas eu gosto de escritores.
É memo? Por quê?
- Porque é uma coisa que todo mundo é...
“É uma coisa que faz a gente viajar...”
Esquecer nossos problemas...
- Ai, Capi... Que problemas, Capi... tu tá triste, Capi?
“Hoje também é o dia das mulheres negras, latinas e caribenhas também...” [mudando de assunto]
E o que a gente tá fazeno aqui parado, então?
BORA FARREAR!!!
O Rum é por minha conta!!!

Angélica disse...

Olá capitão! Faz tempo que eu não passo por aqui, né? Vou ver se espano de uma vez essa minha preguiça de comentar e volto à ativa, xD. Legal saber como começou o dia nacional do escritor, dessa eu não sabia...mas eu gostei mesmo foi da imagem, muito massa!:-D
E de onde surgiu esse marujo baiano? O marujo afetado foi embora? Ou eles são a mesma pessoa?O.o

OPL disse...

Que marujo afetado?

Mey disse...

Oi, Capiiiiiii!
Ouvi dizer que escrever é uma arte!
Então, Capi, somos todos artistas, porque dentro de cada um de nós habita um escritor.
Parabéns a todos pelo seu dia!^.^
Beijos!

OPL disse...

Com certeza!

Tudo o que se relaciona ao ser Humano, seja em faculdades mentais, ou físicas, é Arte.

Arte que inspira, que emociona, que diverte, que irrita...

E tudo isso encontramos na escrita.

E ainda tenho que ouvir professor meu [LIVRE DOCENTE DE LETRAS] dizendo que arte é inútil...

Acho que alguém tá no lugar errado >P-(

Mey disse...

A arte é inútil?

Que lamentável...

Mey disse...

A palavra falada se perde, mas a escrita

permanece.

Dura.

Pode ser consultada vezes sem conta.

Para sempre.

Por isso tem o seu valor.

I-NES-TI-MÁ-VEL