Brincadeira de criança?

Diário de bordo de Jowfish.
Segunda-feira, 17 de janeiro de 2011.

Se você é um marujo que já disse “credo! Isso é coisa de criança!” pra algo que te pareceu bobo... Então esse post é seu.
Você sabia que, antigamente, a criança não era criança... Mas um adulto pequeno?
Há! Mais um em estado de choque...
Pois é... Antigamente – até o século XVII, mais ou menos –, a criança era vista como um pequeno adulto, ou seja, uma pessoa de 8 anos tinha as mesmas responsabilidades, deveres e direitos de uma com 34 anos.
Estranho, você acha?
A situação muda no séc. XVII, quando a Burguesia [classe social formada, principalmente, de comerciantes] subiu ao poder, dando um fim ao Absolutismo [uma parte da História do mundo, onde os reis eram os deuses da Europa].
Agora pense comigo: uma classe comerciante assume o poder... Olha pros lados e encontra aqueles projetos de mulheres e homens, que quase não conseguiam segurar um machado pra cortar lenha, ou carregar seus vestidos... Não era meio óbvio que, criando um novo conceito pra esses garotos, as vendas aumentariam?
Burgueses, Nobres e Igreja se juntam e pensam no que fazer...
Temos, então, a Criança!
ÊÊÊÊÊÊ... Simples assim...
Mas isso quer dizer que eles são menos merecedores de nossas atenções? Eles não merecem o mesmo empenho que damos pra criar algo pros jovens e adultos?
Eles são crianças... Não são idiotas.
Aliás... Esse será o assunto de nosso próximo post: A inteligência infantil.
Até lá.

IMPÉRIO DOS DEUSES Olimpianos disse...

Que post curioso capitão!
Beijão,
Sarah Micucci
http://imperiodosdeuses.blogspot.com/

Larissa Vicentini. disse...

Pois é. "Criança" e "infância" são termos diferentes. Ainda hoje, não são tantas as crianças que desfrutam da infância e mesmo aquelas que poderiam desfrutar estão se corrompendo pelas doenças da nossa década ou se corrompendo por um sistema que aliena até a diversão ingênua, a pureza.
Acho que deveríamos conservar uma parte da infância e um pouco da criança em nós, sempre.

Não subestimar, respeitar e permitir infância (apesar da época) para as crianças, seria o básico a se fazer.

Tripulação disse...

Sábias palavras, Lari... É por isso que eu to vivendo minha infância ainda P-D