Ariadne dos seus sonhos

Diário de bordo de Jowfish.
Quarta-feira, 5 de janeiro de 2011.

Uma garota chamada Ariadne... Labirinto... Sonho... Mitologia... Filme... Te lembra alguma coisa?
Pois é...
Na mitologia grega, Ariadne é filha de Minos, rei de Creta, onde tinha um labirinto guardado por um belo de um Minotauro [mal passado, no espeto, deve ficar uma delícia!].
Numa bela manhã de sol, um rapazinho chamado Teseu perdeu o juízo e decidiu fazer uma vizita pro velho amigo de infância que protegia o labirinto [mentirinha... Ele foi mandado pra lá como sacrifício].
O labirinto era uma coisa tão bem feita, que qualquer um que tentasse entrar ali, não conseguiria sair...
Não sozinho, pelo menos.
Ariadne, então, apaixonada por Teseu, ficou de fora do labirinto e deu a ele a ponta de uma linha presa em um carretel, e ficou com a outra. Assim, Teseu poderia entrar no labirinto, matar o Minotauro e sair de lá sem problema [ain, que bonitinho!].
Tá bom, tá bom... Dito isso, vamos ao que interessa...
Que filme [lançado recentemente] te lembra essa história?
Vamos lá... Eu te dou uma forcinha... Ariadne... Labirinto... Sonhos...
A Origem! Exato!
Lá temos uma garota chamada Ariadne, que é uma arquiteta [pessoa que constrói o cenário dos sonhos] e, para construir um sonho, é preciso criar um labirinto...
Quando ela e sua equipe entram na cabeça de quem deveriam, começam a ser perseguidos pela defesa do alvo... Seriam esses os Minotauros?
Ainda não.
Há uma pessoa que está presente em todos os labirintos em que o chefe da equipe, Tom, participa...
Mal [nome sugestivo, não?!].
Essa sim é o grande Minotauro da história.
Quê?! Não tinha reparado nisso antes?! Então vai lá e dê mais uma olhada...
Isso é o que chamamos de Dialogia [diálogo entre duas, ou mais, obras], e trarei pra cá esse tipo de coisa...
Pra abrir seus olhinhos, Marujo.
Viu?!
Não sou um capitão tão ruim assim...

IMPÉRIO DOS DEUSES Olimpianos disse...

Adorei Capitão! eu adoro essa historinha do herói Teseu e a bela Ariadne. Agora eu vou ter q ver o filme né?
Bjão!
Sarah Micucci
http://t.co/n65vT8B

Larissa Vicentini. disse...

Hmm...
É realmente é uma atividade MUITO interessante. Quanto mais cultura, mais foda.
Eu chamava de intertextualidade (mesmo entre texto e filme), uahsuahsua, mas se é dialogia, tá aprendido.

Bjaum!

Tripulação disse...

Intertextualidade também tá certo... É que é muito comprido... E dá preguicinha P-D