Corte e Costura

Troca equivalente uma pinoia!

Diário de bordo de Jowfish.
Terça-feira, 21 de dezembro de 2010.

      Aconteceu em Animatus... Dizem que é mentira, mas juro que é verdade!
      Foi numa região afastada bem ao leste... Que eu encontrei um dos carinhas mais F**ÁSTICOS que já tive a honra de conhecer.
      Estávamos navegando ali, sem nada pra fazer, quando ouvimos uma explosão.
      Tá, uma explosãozinha é normal em Animatus... Mas nada daquele tipo.
      Bom... Chegamos lá e nos encontramos com uma dupla MUITO... Como posso dizer... Única, no mínimo.
      Um era um garoto loiro, que tinha uma perna e um braço de metal, e paranoico obsessivo, perdoem-me os psicólogos se não é bem esse o termo, mas NINGUÉM podia chamar esse cara de pequeno, baixinho, tampinha, ou qualquer coisa do tipo, porque ele simplesmente ATACA quem o chama assim.
      O outro era uma armadura. Exato uma armadura! Nada de corpo dentro... Só o metal... Já vou explicar.
      Esses dois garotos se chamavam, na ordem, Edward Elric e Alphonse Elric.
      Os dois vivem numa região onde a alquimia é usada até pelo exército.
      E, na alquimia, há o que eles chamam de “troca equivalente”, ou seja, pra conseguir uma coisa, devemos dar algo de mesmo valor em troca.
      Daí, numa tentativa que deu errado, Edward perdeu uma perna, e seu irmã perdeu o corpo todo... Mas, num ato desesperado, Edward conseguiu recuperar a alma de Alphonse e selou a bendita numa armadura. Pra isso, perdeu um braço.
      A partir de então, os dois vão em busca da pedra filosofal para conseguirem seus corpos de volta.
      “Legal, mas o que a explosão tem a ver com isso”, você me pergunta.
      Bem simples: durante sua busca, eles encontram amigos, inimigos, problemas, e conquistas.
      Um desses amigos é o Coronel Roy Mustang [lembra dele no nosso top 10 de ignorantes?], também conhecido como o Alquimista da Chama... E era neles que eu queria chegar.
      Roy usa uma luva que tem o símbolo alquímico do fogo desenhado e as pontas dos dedos, quando ele estala, sai faísca... E aí já era.
      Uma coisa que sempre gostei de Animatus é que tudo que sai de lá, leva com ele uma mensagem. Umas fortes, outras fracas, mas todas têm, pelo menos, uma.
      Os irmãos Elric nos mostram a importância da determinação. Nos mostram que um sonho, se encarado com a determinação que merece, se torna uma meta... Um objetivo.
      Já Mustang, que tem a ambição de comandar o país [pra proteger a todos], nos trás a mensagem de que o verdadeiro líder não é aquele que chega aos seus objetivos sozinho, ou custando a vida dos outros... Um bom lider é aquele que sabe quando parar, se preciso, mas sempre continuar a lutar por suas metas, mesmo que por outros meios.
      Determinação, honra, liderança, amizade e união.
      Foram essas características que fizeram daquela região a leste de Animatus um dos melhores, se não o melhor lugar que já estive por ali.
      E foram eles que fizeram com que Edward Elric ficasse conhecido por Full Metal Alchemist [Brotherhood].

Larissa Vicentini. disse...

Nossa! Com certeza...

O melhor são as mensagens que Animatus nos dá. Depois deste post, tenho mesmo que ver a saga do baixinho paranóico e da armadura personificada... :P

Beijaum!
Vamos ver se a mensagem me toca mais que do meu amado Naruto.

Tripulação disse...

Pequena Maruja Rosa... Esse baixinho aí tem as frases mais bem colocadas que já vi... Nem o Naruto tem o jeito ninja tão forte quanto o Ed... Ou será que tem...