Coordenadas

O Rei dos King

Diário de bordo de Jowfish.
Segunda-feira, 27 de dezembro de 2010.

      É, Marujada... Sacomé, né? Bolinha vai, bolinha vem... E cá estamos mais uma vez.
      Bom, pensei em enrolar todo mundo... Mas acho melhor não né?
      Então vamo lá!
      Hoje de manhã, deixei o Capitão Sandstorm no timão [mas só um pouquinho, só], preu investigar meu mapa estelar, quando ouço o Capitão Luneta gritando que tínhamos uma ilha logo à frente...
      Paramos ali e encontramos um lugar um tanto... É... Como posso dizer... Tenebroso...
      Andamos um pouco por ali e, perguntando os nomes das pessoas, já encontramos a primeira coisa esquisita: todos tinham o sobrenome “King”. Nenhum “Queen”, “da Silva”, “Santana”, “Patel”, “Skavürschka”... Nada. Só King.
      O cenário marcou a segunda esquisitice: na mesma rua, encontrávamos um quarteirão no estilo faroeste, outro na idade atual, outro mais antigo... Mas TODOS tinham um toque arrepiante.
      Principalmente quando tudo era coberto pelas Sombras da Noite.
      Isso quando não ficávamos À Espera de um Milagre no cinema, como eles chamavam, The Green Mile.
      Mas onde eu quero chegar é que encontramos um castelo bem no meio de Salem’s Lot, e era guardado por uma segurança, no mínimo, estranha... Seu nome? Carrie.
      Mas, logo de olhar, já encontramos uma torre diferente das outras... Uma torre onde as pessoas do reino de King não ousam entrar... A Torre Negra [UUUUUUH], guardada pelo Pistoleiro.
      Sim, sim... Tudo muito encantador... Então decidimos falar com o rei de King...
      E lá estava ele... Todo tenebroso em seu trono...
      Conversando com a figura, descobrimos que seu nome era Stephen [adivinha do quê?!] King.
      E as pessoas que viviam em seu reino também tinham o sobrenome King pra se protegerem dos seres que vivem ali... Como Os Vampiros de Salem.
      Pelo que me pareceu... Eles atraem novos visitantes... Pra oferecer a esses seres... Na cerimônia que eles chamam de Colheita Maldita [Vixi, Marela].
      Quê?! Como saímos dali?
      Oras bolas, somos Capitães Piratas! Somos pilotos de fuga, meu queridinho!
      Acha que eu sairia de meu navio, numa terra TENEBROSA, sem meu Kit Teletransportador?!
      HÁ!
      Pois é... E cá estou eu.

Larissa Vicentini. disse...

Sem dúvidas. Hoje, Kit Teletransportador é mais básico que garrafinha d'água ou protetor solar... Ainda mais quando se vai pra lá e pra cá a todo momento E AGORA TEM UMA MARIPOSA NO NAVIOOOOOOO!

Bom, vou tentar ignorar isso...

Cap., ouço falar tanto de Stephen King, mas acredita que nunca li? Claro que acredita...
Vergonha.

Deve ser muito bom.
Gosto de suspense e ação embora prefira conteúdos críticos (que não sei se tem na ilha)... Enfim...

A dica fica.
BJAUM!

Lii disse...

Adoro Stephen King!
Ele e seus livros assustadores...
Ainda não li tantos quanto gostaria, mas os que li estão na minha mente até hoje...
Inclusive os momentos em que eu parava de ler à noite porque ficava com medo. Muito medo.
Eu lembro quando eu tinha uns 8 anos, eu queria ler O cemitério. Meu pai me mandou esperar até os 14 anos. E eu esperei, muito ansiosa.
Depois fiquei super aflita enquanto lia hehe
Ele é MUITO bom!