Coordenada

THIS IS PELOPONESO!

Diário de bordo de Jowfish.
Segunda-feira, 15 de novembro de 2010.


É... Sem dúvida... É... Então... Peloponeso.
Em mais um desses dias de sol, lá estava eu, viajando tranquilo pelos mares... Quando vejo um brilho no horizonte...
Na hora pensei “nossa, que estranho... Uma estrela no meio do dia?”... Não era uma estrela.
Era uma LANÇA! UMA LANÇA!!!
Claro que desviei fácil, mas mesmo assim... ATIRARAM UMA LANÇA NO MEU NAVIO!!! Ah, não... Aí eu fiquei macho! NINGUÉM ataca o MEU navio e fica por isso mesmo!
Puxei as velas, ativei os turbos plásmicos supersônicos e fui pra lá... O traquinas ia conhecer o tubarão Tutu...
Bom... Não foi bem assim...
Quando a gente chegou perto de onde o pessoal tava... Era uma B-A-G-U-N-Ç-A!
Correria, gritaria, briga, lança, flecha, espada...
Pelo que descobri, era uma guerra entre duas cidades. Uma era conhecida por sempre ter sido xenófoba (que tem horror a estrangeiros) e estar sempre preparada pra uma guerra [esse é o espírito]. A outra, era a capital do pensamento, do discurso e do comércio.
Então tínhamos, de um lado, Esparta e seus guerreiros guerreiros; e, do outro, Atenas, e seus comerciantes guerreiros...
Disseram que Atenas tava se achando a bolacha do saquinho de cocada, e queria dominar tudo pra ter mais dindim... E Esparta tava no meio desse rolo, já que ia ser dominada também.
Aí os espartanos rodaram a baiana! Vestiram seus escudos, espadas, lanças, elmos, tangas [não, sério?! Agora que tava gostando deles...] e foram pra guerra... A Guerra do Peloponeso.
Que durou uns dez anos, mais ou menos.
Como eu sei disso?!
Oras bolas! Eu não disse que fui pra lá?!
Ah, sim... Eu falei com um tiozão que tava com umas anotações... Adalberto Vargas Ribeiro era o nome dele, se não me engano... E como NUNCA me engano...
Ele disse estar escrevendo sobre essa guerra...
Tá aí uma coisa que nunca esquecerei...

IMPÉRIO DOS DEUSES Olimpianos disse...

Excelente autor. Eu recomendo o livro. Aqueles que amam história, Grécia, mitologia grega, irão deliciar-se. E os outros também, que ainda não descobriram essas delícias... Corram e compram já.
Beijos.
Sarah Micucci
(escritora)
http://imperiodosdeuses.blogspot.com/

jrcazeri disse...

Cara, eu tenho um livro fantástico sobre o tema, A Guerra do Peloponeso, do historiador Donald Kagan, que explica de uma forma bem simples e direta os acontecimentos. Desde que li essa obra, fiquei encantado com essa trama de ambição, política e muito sangue. Vou procurar esse livro do Adalberto V. Ribeiro também para ver o que ele acrescenta ao tema.

Junior Cazeri