Histórias da Fazenda e da Lua

Diário de bordo de Capitão Fukumoto.
Terça-feira, 02 de Dezembro de 2014.

Adoro a ovelha rosa
Olá, Marujada! Voltamos com mais uma semana maravilhosa onde eu, o lindo Capitão Fukumoto, irei falar sobre um jogo bem divertido para alguns, tipo eu que adoro. E bem chatinho para os outros, tipo... alguns amigos meus. Hoje iremos falar sobre Mini Fazenda! Não... calma! Iremos falar sobre Harvest Moon ou "Lua da Colheita" para os amantes de... coisas dubladas; Bokujō Monogatari é seu nome em japonês e sua tradução é “Histórias da Fazenda”.

Todos os jogos da série se resumem em administrar uma fazenda, dar uma de garimpeiro, colher insetos e quase tudo o que você acha no chão, seus relacionamentos, casar, ter filho e tarefas da trama principal. Para mim, arar a terra, plantar, regar e colher já é o bastante. Normalmente eu só foco nisso, por que cuidar de animais tomam muito o tempo no jogo. Vacas, cavalos, ovelhas, gatos, cachorros e até lhamas, que estão presentes nos mais recentes games da série, são alguns tipos de animais que você pode cuidar em sua fazenda. Ordenhar, cortar a lã, escovar, dar comida, conversar e entre outras coisas, são algumas das interações que você pode fazer com o seu animalzinho.
Popuri; A linda do cabelo rosa
Os jogos também apresentam o sistema de relacionamentos. Nos mais antigos games da série, construir um relacionamento era a coisa mais fácil do universo. Por que eu digo isso? Nos games antigos os personagens aceitavam vários presentes no mesmo dia. Em Harvest Moon: Back to Nature, por exemplo, você podia entrar no supermercado, ficar comprando pão e entupir a Karen de pão. Ela não ia ficar gordinha nem nada. Tudo bem que você ia gastar muito tempo e muito dinheiro, mas ela se tornaria sua amiga e quem sabe sua esposa. Mesmo por que, se eu der um pão para você agora vai ser muito sem graça você ganhar outro em menos de um minuto, certo? Imagine esse sistema no jogo, ok? Back to Nature foi o último game da série onde vários presentes afetavam a amizade e o amor dos habitantes da vila. Nos games mais recentes, os habitantes só aceitam um presente por dia e ai de você se você deixar de conversar com a personagem durante alguns dias. Para ela aceitar presente de novo, você tem que conversar com ela por mais alguns dias e depois ela volta a aceitar presentes. Ela fica tipo... chateada com você. Quando isso acontece, um beijo! Esqueço mesmo e só volto a conversar com ela se ela te der presentinhos; sou desses interesseiros. Casar com alguém então é uma viagem. Aumentar a sua amizade amorosa dando um presente só por dia é horrível. Em Harvest Moon: A New Beginning, onde você é tipo um arquiteto e deve construir estabelecimentos e restaurar a cidade, eu só fui casar com a Felicity no meio do terceiro ano de jogo. UMA VIAGEM!! Ainda bem que ela adora derivados e receitas feitas com leite. Então eu entupi a garota de queijo, maionese e alguns pratos feitos na minha cozinha. Eu falei aqui de duas loiras. Não pense você que eu só caso com loiras. Meu amor eterno é pela Popuri do mesmo game da Karen. Ela é linda, tem um cabelo rosa, adora ovo e a mãe dela vende galinha. Entope ela de ovo que dá certo.
Harvest Moon: The Lost Vally; a fazenda à la Minecraft
A trama principal vária muito. Em alguns games você deve restaurar a fazenda do seu avô em três anos e também se casar, em outros você deve reconstruir o vilarejo dando uma de arquiteto. No mais novo game da série, intitulado como Harvest Moon: The Lost Valley, sua missão é restaurar as outras estações do ano já que o vale está preso em um eterno inverno. Para mim, este jogo é bem diferente, pois ele tem uma pegada um pouco Minecraft e eu estou tomando coragem para comprar este jogo e não me arrepender, por que eu não gosto muito de Minecraft... Marujos, não me julguem e não fiquem de mal comigo! Anyway, final do ano ou começo de 2015, um novo Harvest Moon será lançado com o nome de Story of Seasons; este eu com certeza irei comprar.

Story of Seasons; a versão ocidental do novo Bokujō Monogatari
Ok! alguns conhecedores da série devem estar se perguntando o porquê da mudança de nome. Nos últimos anos a empresa Natsume estava localizando os jogos japoneses da editora Marvelous como Harvest Moon, para nós ocidentais. Acontece que há alguns anos atrás, Marvelous adquiriu a XSEED, uma empresa ocidental que já localizou alguns jogos da Marvelous. Então, se a empresa agora tem a sua própria equipe para localizar os seus próprios jogos, por que não localizar? Pois bem, a Marvelous não possui os direitos do nome Harvest Moon, então localizou seu novo game com um novo nome, Story of Seasons. E como a empresa tornou a localizar o game Bokujō Monogatari internamente, ela liberou a Natsume para fazer o seu próprio game de fazendinha. Agora temos dois grandes jogos cada um com as suas próprias características e personagens, mas com um gameplay ainda semelhante. 

Lucas Barbosa disse...

Cara, que post fantastico! O que me faz lembrar que preciso juntar minhas moedas de ouro e comprar um 3DS...

Lucas Barbosa disse...

OBS: O theme song do Harvest moon: Back to Nature é perfeita *w*
OBS²: Dava grama pra Popuri como presente
OBS³: Minecraft é um bom jogo. Se você não for criativo e não uma criança de 5 anos que passa o dia todo na frente do PC.