Inovestronho

Diário de bordo de Jowfish.
Sábado, 16 de abril de 2011.

“Tá... Tô aqui... E aí?”
Tô aqui também.
“Isso é o de menos...”
Re...pe...te...
“Eu quero dizer que o que interessa mesmo é o coiso das inovações...”
Tá dizendo que eu não sou importante?!
“Não... é que o pessoal veio aqui pra isso...”
Pra isso o quê?
“Pras inovações, sua anta!”
REPETE SE TU FOR MACHO, MARUJO!!!!
“Sua...........manta, capitão! Manta... Aqui, ó, sua manta tá meio sujinha... dexeu limpar pro senhor... aqui... bonito...”
[suspiro] Tá ficando complicado... é melhor acabar com isso...
“Isso, fala a inovação que eu te deixo em paz.”
Hum... Feito. Tu já pensou em publicar um livro, Marujo?
“Eu?! Um... um livro?! Bem... já, mas...”
Uai, por que não publicou?
“Ah, eu tenho uma ideia meio... assim... diferente, sei lá. Não acho que uma editora aceite...”
Por quê?!
“É meio audacioso... meio que pode dar muito certo, ou muito errado...”
Tipo um livro sem capa?
“Isso... epa, pera... livro sem capa?! Isso é ridículo. Como um livro não tem capa?! Isso não existe.”
Ridículo sou eu dançando Raggatanga.
Se você acha que não existe, deveria conhecer a Livraria Limítrofe.
“Li... não entendi.”
Imagine uma livraria onde cada visitante contasse sua experiência vivida ali dentro... E que isso mudasse de uma pessoa pra outra...
Por exemplo, se você entrasse, veria um quadrado minúsculo, com algumas dezenas de livros canibais... E se eu entrasse, encontraria um reino completamente fantástico, cheio de tesouros...
“Por que eu tenho que ficar com o cubículo canibal?”
Porque sou eu que estou contando a história.
“Não é justo...”
[Ignorado] Daí eu pergunto: como ter um baú para tal magnífico tesouro?
“Tu quer dizer capa prum livro?”
Cara, como tu é chato! Para de estragar a fantasia, poxa!
“Eu só quis dizer que pra uma editora fazer isso, ela tem que ser MUITO estranha.”
Estranha, não. Estronha.
Enfim, o ponto é: se uma editora investe nesse tipo de projeto... investindo em novas ideias... novos horizontes... imagine no que mais ela não é capaz de investir?
Sonhe, meu querido Marujo... Sonhe, porque, agora, você tem um parceiro pra qualquer nuvem que alcançar.

Marcia disse...

Definitivamente muito original...mesmo pq nunca escolho meus livros pela capa.

EtienneLima disse...

Gostei, Muito inteligente ! =)

eric_lock_1996 disse...

Uia lá, gostei, gostei...

Ju Lund disse...

Muito interessante, criativo... realmente Inovestronho. Bjokas

Nieryka disse...

Ai que gracinha esse Marujo! XD "SUA...MANTA, CAPITÃO.." Muito bem bolado! Estou louca pra ler A Livraria Limítrofe, a proposta é adorável! Parabéns pela parceria com o Estronho!

Tripulação disse...

\o/\o/\o/
Valeu, pessoal.
E parabéns pra Estronho!
\o/\o/\o/

bandaanaklusmos disse...

Gostei, bem inovador LOL

Angel in Tears disse...

Parabens, Jow.
Realmente, podemos esperar qualquer coisa de uma editora dessa... tudo, até literatura! hehehe

Tripulação disse...

IUASHUAHSIUHASUHIASUHASHIUASUAHS

Eu tava esperando um comentário desses....

aushuiahsuhaushiuahsuashuhasuahsu

Camila disse...

Acho meio esquisito esse negócio de livro sem capa, porque a capa é um ícone de identificação do livro, de despertar o interesse, de fluir a imaginação, mas tudo que é inovador, vale a pena conhecer... quem sabe não acabe despertando a curiosidade dos novos leitores em formação e também dos que já estão há tanto tempo na "estrada"? Legal essa iniciativa :)

EmersoOn disse...

Já vi um livro sem capa antes, e era realmente muito lindo!
Sem dúvida com esse não será diferente.

Lucas disse...

Jhow
Gostei muito xD

Jan Vasques disse...

Bem interessante um livro sem capa :D nunca tinha ouvida falar, adorei :)

Adriana disse...

Um livro sem capa...Que ideia interessante, quero ler.

mayumi-mn disse...

legal!! por essa eu nao esperava....

Lêh' disse...

Gostei! Que legal! hahaha Ri muito aqui! ^^
Que novidade tbm!

Lucia Marina disse...

Oi! Que novidade! Mas o que esperar da querida Estronho?

Cândido Ruiz disse...

Os Piratas da literatura fazendo uma apresentação audaciosa para uma editora audaciosa! ;)

Paula C. disse...

Bem diferente! Para quem costuma escolher livro pela capa, vão estar perdendo um bom livro.

a. disse...

como dizem não julgue o livro pela capa, e prase que mais do que nunca é verdade, com certeza de mais.

Renato Klisman disse...

hsauhasuhasaa!
Legaaaal! kkkkkkkkkkkkk
Editora MUILOKA

worldfabibooks disse...

Muito bom!!

Adoreeeeeeeeeeiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!

worldfabibooks disse...

E a ideia de um livro sem capa é bem inovador! Creio que somente essa inovação já seja um tipo de atrativo para leitores curiosos! E como eu disse antes, adoreeeeeiiiiiiiii!!!!! O marujo é muito fofo e hilário! Já deu pra rir!

@fabiane_zp

Maíra Souza disse...

Agora não tem como julgar o livro pela capa! =p
Muito legal a idéia!!!

annielus disse...

Muito interessante a idéia...
Acho que cativa ainda mais a imaginaçao.

Lii disse...

"Ridículo sou eu dançando Raggatanga."
Eu fui a única que imaginei a cena? Realmente foi uma visão muito ridícula!
asuahsuahsuahsua